facebooklinkedin
Publicidade
:: Home :: Notícias :: Lições valiosas do Porto de Antuérpia
Notícias Veja mais
Lições valiosas do Porto de Antuérpia - 08/04/2013
A modernização dos portos brasileiros é considerada essencial para alavancar as exportações e elevar a participação do Brasil no comércio mundial. Assim, informações sobre o funcionamento de grandes portos estrangeiros, como o de Antuérpia, na Bélgica, é essencial para este importante passo.
 
No sentido de favorecer a troca de experiências, a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) realizou em sua sede na Capital paulista, encontro entre representantes brasileiros do setor com autoridades do Porto de Antuérpia. 
 
O evento Vantagens e facilidades de operação com o Porto de Antuérpia/Bélgica teve plateia lotada. O porto belga é o segundo maior da Europa, precedido por Rotterdam. Em 2012, registrou movimento de 185 milhões de toneladas de produtos, com seus negócios representando 5,4% do Produto Interno Bruto (PIB) da Bélgica.
 
José Cândido Senna, coordenador geral do Comitê de Usuários de Portos e Aeroportos do Estado de São Paulo (Comus), da ACSP, que promoveu o evento, afirmou que é importante para os exportadores terem contato direto com representantes de portos estrangeiros para que possam elaborar estratégias mais adequadas de comercialização para a Europa.
 
"O porto europeu tem a grande vantagem de funcionar 24 horas por dia, sete dias por semana. Por isso, os dados apresentados aqui, e as vantagens logísticas, serão levados tanto para a reunião do Comus quanto para a do Exporta São Paulo", disse Senna. Ele ressaltou que existe intenção de estreitar relações entre os dois países e que um dos indicadores disso é a assinatura de memorando de cooperação com o governo do Estado de São Paulo para desenvolver ações que contribuam para modernizar portos.
 
O evento contou com a presença de Lux Arnouts, diretor comercial do porto de Antuérpia, e de Walter Van Mulders, diretor de Desenvolvimento de Negócios do porto belga. Eles lembraram que o porto concentra 60% do movimento de contêineres na Europa e que um terço do tráfego entre a América do Sul e o continente europeu passa pelo porto. A expectativa é de que os investimentos públicos no porto somarão mais de US$ 1,6 bilhão até 2025. Atualmente, a administração é executada por entidade independente do governo municipal.
Diário do Comércio
Calendário de eventos
Outubro