facebooklinkedin
Publicidade
:: Home :: Notícias :: Greve dos servidores federais chega aos aeroportos
Notícias Veja mais
Greve dos servidores federais chega aos aeroportos - 28/06/2018
Filas no embarque internacional de Guarulhos

A greve dos servidores federais chegou aos aeroportos ontem. A PF deflagrou uma operação-padrão que provocou filas gigantescas no embarque internacional dos aeroportos de Brasília São Paulo e no Galeão, no Rio de Janeiro. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), diz que apesar dos pousos e decolagens estarem dentro do normal, a manifestação dos policiais está aumentando o tempo de espera dos passageiros. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Polícia Federal de São Paulo, Alexandre Santana Sally, garante que está “tentando preservar a população o máximo possível”.  O Ministério do Planejamento divulgou um documento mostrando que os reajustes reivindicados pelos agentes federais variam entre 109,3% e 139,4%. O salário especial, para quem atingir o topo de carreira, passaria de R$ 11,8 mil para R$ 24,8 mil. As remunerações iniciais subiriam de R$ 7,8 mil para R$ 18,8 mil. A Agência Brasil informa que o presidente da Federação Nacional dos Policias Federais (Fenapefe), Marcos Wink, não apresentou os índices solicitados pela categoria e disse desconhecer a tabela apresentada pelo Planejamento. Sobre as reivindicações, a Agência publica a seguinte explicação de Wink:  “Queremos tabela de nível superior, porque desenvolvemos tais atividades, temos a formação, mas recebemos menos. Pode ser que chegue a R$ 24 mil, mas o inicial tem que ser de pelo menos R$ 11 mil”.


Fonte: Agência Brasil
Crédito/fotos:  Marcelo Camargo/Abr


revistapib
Calendário de eventos
Janeiro