facebooklinkedin
Publicidade
:: Home :: Notícias :: Desmatamento reduz, mas controle ainda é falho
Notícias Veja mais
Desmatamento reduz, mas controle ainda é falho - 28/06/2018
Izabella Teixeira na abertura de seminário

A informação foi dada pela ministra Izabella Teixeira durante sua participação na abertura do 8º Seminário Técnico-científico de Análise de Dados Referentes ao Desmatamento na Amazônia Legal, ontem. Os dados oficiais serão divulgados amanhã em coletiva pelo Ministério do Meio Ambiente. Izabella, no entanto, argumenta que estes mesmos dados mostram a necessidade de melhoria das ações de controle. “Temos que melhorar a atuação em relação à questão do desmatamento puxadinho (abate de árvores concentrado em áreas inferiores a 25 hectares), às propriedades que estão licenciadas e estão desmatando ilegalmente e às oportunidades do Cadastro Ambiental Rural (CAR), mas também às limitações desse cadastro”, disse. O cadastro, que servirá como instrumento para monitorar a situação de áreas de preservação permanente (APPs) das propriedades rurais do país, ainda está sendo testado nos estados de Mato Grosso e do Pará. Mesmo com o registro de redução do desmatamento, a situação da Amazônia é motivo de preocupação permanente do governo, que mantém as atenções voltadas para a dinâmica de ocupação e das atividades econômicas nas unidades de conservação e nas terras indígenas na região. “O desafio não é só o desmatamento, mas o crescente avanço do garimpo na Amazônia, particularmente em terras indígenas, que é algo que achamos que estava minimizado”, explicou a ministra.


Legenda/Crédito foto de capa: foto de satélite de incêndio em área de floresta da região de Rondônia, 2007/ NASA Earth Observatory


revistapib
Calendário de eventos
Dezembro