facebooktwitterlinkedinyoutuberss
Publicidade
:: Home :: Notícias :: Exportações impulsionam retomada do PIB da Europa 10 anos após crise
Notícias Veja mais
Exportações impulsionam retomada do PIB da Europa 10 anos após crise - 08/08/2017


Dez anos depois da crise financeira global, as contas da União Europeia têm repetido a cor de sua bandeira: o azul. A economia acumula números positivos e dá sinais de que se recupera.

O PIB (Produto Interno Bruto) de seus 28 países-membros cresceu 0,6% no segundo trimestre, em comparação ao período imediatamente anterior. Em relação ao segundo trimestre de 2016, o avanço foi de 2,2%.

Nos 19 países que compõem a zona do euro, o crescimento também foi de 0,6%. Na comparação com o segundo trimestre de 2016, o avanço foi de 2,2%.

A recuperação ainda esbarra em uma série de armadilhas, como o alto endividamento —a Grécia, afinal, deve 180% de seu PIB. Mas economistas receberam com otimismo os números do PIB divulgados pelo Eurostat, escritório de estatística da UE.

"É bastante animador", afirma à Folha Guntram Wolff, diretor do influente think tank europeu Bruegel.

Um dos casos de sucesso é a Espanha, que estava entre os mais afetados pela crise de 2007. O PIB espanhol cresceu 0,9% no segundo trimestre deste ano, acumulando 15 períodos consecutivos no azul.

Isso depois de, no pior da crise, pedir um resgate de " 100 bilhões. Seu PIB chegou a contrair 3,7%, em 2009.

"Ainda há bastante a ser feito para alcançar os níveis anteriores à crise", diz Wolff. "Mas há uma recuperação."

Mesmo no desemprego, do qual a Espanha foi símbolo da hecatombe europeia, há motivos para celebrar. Há 17% de desempregados ali, uma queda de nove pontos percentuais em relação aos 26% registrados em 2013.

Já o desemprego na zona do euro é de 9,1%, o mais baixo desde o início de 2009. A taxa da Grécia, de 21,7%, é a mais elevada.

O reajuste econômico europeu, afirma Wolff, se deve ao redirecionamento das economias à exportação —mais uma vez, caso da Espanha. Se o crescimento pré-crise era basicamente estimulado pelo setor da construção, hoje a exportação de carros ajuda a dar o tom.

A Espanha também prova, para algumas correntes de economistas, a validade das polêmicas medidas de austeridade. O governo local foi um dos primeiros —e dos mais intensos— a enxugar as contas, o que motivou os protestos dos "indignados" na Porta do Sol (um dos símbolos de Madrid).

"Há um longo debate sobre se a austeridade veio muito cedo ou se foi forte demais", diz Wolff. "Eu concordaria que foi muito rápida e que isso levou à recessão. Mas, desde 2012, a velocidade foi moderada", afirma.

Um dos passos emblemáticos da austeridade espanhola foi a reforma trabalhista, em que demissões foram facilitadas, por exemplo. É uma espécie de modelo ao presidente da França, Emmanuel Macron, que agora propõe medidas parecidas.


Reforma

Wolff, diretor do Bruegel, trabalhou antes na Comissão Europeia, braço executivo da UE, e ali contribuiu ao debate sobre as reformas na zona do euro, que reúne os 19 países com a moeda comum.

Com as contas no azul, o risco é que a liderança do bloco seja "complacente" e deixe de discutir sua união monetária. "Mas a zona do euro não está terminada."

Economistas como o Prêmio Nobel Joseph Stiglitz, entrevistado pela Folha em setembro, têm uma visão ainda mais pessimista: ele diz que a moeda comum é a culpada pela estagnação.

Diversos movimentos populistas angariam voto em torno da crise europeia, prometendo deixar o bloco. Foi o que fez a nacionalista de direita Marine Le Pen, da Frente Nacional, que chegou ao segundo turno das eleições francesas em maio.

Mas, com as perspectivas de que a UE se recupere e rediscuta o seu modelo, esses partidos podem precisar de uma nova plataforma.


Folha de São Paulo
Calendário de eventos
Agosto
  • 21
    Seminário: Oportunidades de...
    OBJETIVO: A São Paulo Chamber of...
  • 24
    RODADA DE NEGÓCIOS...
    São Paulo Chamber of Commerce/Associação Comercial...
  • 29
    LATAM RETAIL SHOW
    Linhas de Produtos e/ou Serviços: profissionais do varejo,...
  • 31
    Workshop - Mapeamento de...
    OBJETIVO: Apresentar duas técnicas simples de mapeamento de...