facebooklinkedin
Publicidade
:: Home :: Notícias :: Elevação no saldo comercial brasileiro com a China amenizou efeitos da crise mundial
Notícias Veja mais
Elevação no saldo comercial brasileiro com a China amenizou efeitos da crise mundial - 25/07/2014

As transações comerciais com China, Oriente Médio e Japão foram capazes de amenizar os impactos da crise econômica mundial entre 2008 e 2013 na balança comercial brasileira. Os dados estão presentes em um estudo elaborado pelos economistas do BNDES Fernando Puga e Antônio José Alves Júnior. 

Os resultados mais expressivos foram obtidos com a China. Enquanto o saldo comercial com outros importantes parceiros do Brasil sofreu os impactos do mau momento, com os chineses houve elevação de US$ 12 bilhões. Segundo o levantamento, a alta, embora menos expressiva, foi observada também nas negociações com países do Oriente Médio e com o Japão. 

Os economistas destacam, no entanto, que os resultados foram capazes apenas de suavizar os efeitos da recessão e da queda no saldo comercial com EUA, UE, não de compensá-los. "Exceto em 2012, o saldo com China tem aumentado. No entanto, a melhora com a China tem sido bem mais suave do que a deterioração no saldo com as duas outras economias", destacam os economistas.

Além disso, salientam que as duas economias têm buscado a recuperação com foco em ajustes externos. Como isso não causa impactos na demanda doméstica, não há novo estímulo às exportações de produtos brasileiros para esses países. Assim, o estudo reforça que a piora nos resultados do saldo comercial brasileiro, nesses casos, se deve a uma conjuntura ainda desfavorável.

CNT
Calendário de eventos
Julho
  • 10
    26ª Multifeira Brasil Mostra...
    Linhas de produtos e/ou serviços...
  • 13
    6ª Latin American Electronics
    Linhas de produtos e/ou serviços : eletroeletrônicos,...
  • 20
    NRF NXT All ACCESS
    Evento online de três dias para profissionais de comércio...
  • 21
    30ª Feira Brasileira de...