facebooklinkedin
Publicidade
:: Home :: Notícias :: Exportação de biscoitos cresceu 14%
Notícias Veja mais
Exportação de biscoitos cresceu 14% - 01/07/2014

As exportações brasileiras de biscoitos cresceram 14% no acumulado deste ano até março. A receita com vendas ficou em US$ 34,3 milhões de janeiro a março, o maior valor para o período desde 2009, segundo dados da Associação Nacional das Indústrias de Biscoitos (Anib). No mesmo período de 2013, as exportações estavam em US$ 29,9 milhões.

Nos três primeiros meses deste ano, a maior receita (US$ 16,65 milhões) veio das vendas para América do Sul, que respondeu por quase metade - 48% - de tudo o que a indústria brasileira faturou com exportações. A África foi o segundo maior destino, com 27% e US$ 9,32 milhões, e a América do Norte foi a terceira região do mundo que mais comprou bolachas do Brasil: 16% do total, o equivalente a US$ 5,2 milhões.

Por ordem, a maior compradora foi Angola, seguida de Paraguai, Estados Unidos, Venezuela, Uruguai, Chile, Cuba, Argentina, Portugal e Bolívia. Os destaques nas exportações, no período, foram os biscoitos e bolachas, seguidos pelo wafers e waffles.

Segundo material divulgado pela Anib, os números refletem o trabalho desenvolvido pela entidade em conjunto com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). As duas levam adiante a promoção dos biscoitos brasileiros no exterior, sob a marca Happy Goods.

As empresas do setor participaram, no começo deste ano, da Gulfood, feira do setor de alimentação que ocorre em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

ANBA
Calendário de eventos
Outubro